Alunos da Unifei realizam o projeto Horta Orgânica

Alunos da Unifei realizando o projeto Horta Orgânica juntamente com os alunos do nono ano do Ensino Fundamental.

O projeto foi desenvolvido semanalmente, e os encontros foram realizados na escola às terças-feiras.

Os encontros ocorrem na Escola Estadual Comendador Mário Goulart Santiago, situada no município de Pedralva – MG.

 Os alunos da Universidade Federal de Itajubá (Unifei), Alan Aparecido Pereira, Juliani Flávia de Oliveira, Leonardo Rafael Rocha, Rita de Cássia de Jesus Vilas Boas, do curso de Ciências Biológicas, e Renan Leandro Lopes, do curso de Sistemas de Informação, realizaram o projeto Horta Orgânica juntamente com os alunos do nono ano “C” do Ensino Fundamental da Escola Estadual Comendador Mário Goulart Santiago, situada no município de Pedralva – MG, durante os meses de abril, maio e junho.

 O projeto foi desenvolvido semanalmente e os encontros realizados na escola às terças-feiras, no turno vespertino. Inicialmente, foi elaborado um questionário com 10 perguntas com o intuito de verificar os conhecimentos prévios dos alunos a respeito da importância de uma horta orgânica, ou mesmo possíveis limitações conceituais. Posteriormente, foram realizadas palestras e atividades experimentais que visaram a introdução dos conteúdos relativos à horta.

O projeto também incluiu a exposição de vídeos e promoção de discussões que buscaram abordar os aspectos críticos relacionados à temática. Além disso, o projeto se desenvolveu mediante atividades práticas na horta escolar como a manipulação do solo, plantio de mudas e técnicas de irrigação.

 Além dos cinco graduandos da Unifei que executam as atividades na escola, o desenvolvimento das atividades é orientado e avaliado pela professora da disciplina de Educação Ambiental, Daniela Rocha Teixeira Riondet Costa, do Instituto de Recursos Naturais (IRN). Estão também envolvidos no projeto os 20 alunos do nono ano; a professora de Ciências, Nádia Faria Monti, que supervisiona o projeto, e o corpo administrativo da Escola Estadual Comendador Mário Goulart Santiago.

 Segundo a aluna Juliani Flávia de Oliveira, participante do projeto, um dos resultados esperados é a sensibilização dos envolvidos. “Espera-se que a sensibilização dos alunos do projeto seja promovida, para que eles optem pela obtenção de alimentos orgânicos àqueles produzidos através da utilização de agrotóxicos. Espera-se também que aprendam técnicas de plantio simples, porém eficientes que permitam a eles construírem hortas orgânicas em suas residências e os estimulem a esta prática”.

 O projeto busca promover uma extensão que permita transcender os conhecimentos academicamente construídos para além dos muros da Universidade. Dessa forma, é possível visar o bem comum e as práticas que se mostrem benéficas ao meio ambiente e proporcionem hábitos de vida saudáveis à comunidade.