Centro Acadêmico de Engenharia Civil promove mais uma Competição de Pontes de Macarrão

Participantes da competição Pontes de Macarrão 2018.

Vencedores das menções honrosas para as equipes que obtiveram mais pontos nas categorias Melhor Estética e Melhor Eficiência Estrutural.

Pontes de Macarrão da edição de 2018.

 

 No dia 17 de outubro, aconteceu no campus sede da Universidade Federal de Itajubá (Unifei) a Competição de Pontes de Macarrão 2018, organizada pelos membros da equipe de projetos do Centro Acadêmico de Engenharia Civil (Caeci), com o objetivo de proporcionar a possibilidade de os alunos colocarem em prática os conhecimentos básicos adquiridos em sala de aula sobre estruturas estáticas para projetar uma ponte de acordo com o regulamento.

 A competição acontece anualmente na Unifei e, neste ano, três equipes se increveram para participar. Cada uma delas é formada por cinco membros, os quais podem estar em diferentes cursos e períodos da Universidade.

 A organização da competição forneceu para as equipes as bases que deveriam ser colocadas nas extremidades das pontes e a barra de carga que seria fixada no centro. Já o macarrão e as colas utilizadas ficaram sob a responsabilidade de cada equipe e deveriam estar de acordo com o que é definido no regulamento.

 A mesa de jurados foi formada pelos professores Paulo César Gonçalves e André Luiz Vivan, ambos do Instituto de Recursos Naturais (IRN), e pela engenheira Fabiana Yoshinaga. A função dos jurados na competição foi avaliar o relatório do projeto redigido pela equipe e o quesito estético das pontes confeccionadas, além de fazer comentários sobre os métodos construtivos utilizados e possíveis falhas que ocasionam o rompimento das estruturas.

 Na competição, quatro critérios foram analisados para que uma das equipes fosse considerada vencedora: o relatório, que deveria conter as informações básicas do projeto, como a representação geométrica da ponte em vista frontal, lateral, superior e isométrica; a eficiência estrutural, cuja nota foi dada pela razão da máxima carga suportada pela ponte antes de seu rompimento e do seu peso próprio; a acuracidade, com a avaliação da precisão do projeto, calculado pela razão entre o valor estimado/calculado de carga a ser suportada e a carga realmente suportada no teste, e a estética das pontes, que deveriam estar em exposição no aquário da Unifei para showroom, para que as outras equipes e o público pudessem conhecê-las antes dos testes de carga.

 As equipes participantes foram Ponte Aguda, Under the Bridge e Vamo ET. Os membros da Ponte Aguda conquistaram a primeira posição e ganharam como prêmio um kit churrasco. A segunda colocada recebeu uma parmegiana do Bar Bamboo e a que ficou em terceiro lugar ganhou lanches do Rei Burgão.

 Das três equipes competidoras, uma não conseguiu submeter a ponte ao teste de carga. As outras duas executaram o teste e suportaram, aproximadamente, 3kg e 15kg, porém na composição da nota final, a equipe que suportou mais carga ficou em segundo lugar, com 19,79 pontos, enquanto a primeira colocada obteve 33 pontos.

 Para as próximas edições do evento, o Caeci pretende atrair não somente os alunos do curso de Engenharia Civil, mas de todos os cursos da Unifei para que haja um maior número de equipes e, consequentemente, uma competição mais emocionante.

 A equipe Uai!rrior ajudou na cobertura do evento, tirando fotos e gravando vídeos, e o Caeci agradeceu a parceria.