Centro de Empreendedorismo UNIFEI ganha Prêmio Vortex 2021 em quatro categorias

Os alunos Arthur Calhau e Samuel Lima representaram o CEU durante a premiação na categoria Liga Inovadora.

A NexAtlas, incubada no CEU, recebeu o Prêmio Vortex 2021 como Startup Influencer. Imagem: Incit

 

 Em dezembro de 2021, o Centro de Empreendedorismo UNIFEI (CEU) recebeu quatro estatuetas nas categorias Liga Inovadora, Liga Conectada, Startup Ex-Membro Influencer & Inspiração (NexAtlas) e Professora de Empreendedorismo (Juliana Caminha Noronha – IEPG) durante o Prêmio Vortex 2021. Além desses prêmios, o CEU foi finalista em 10 outras categorias na premiação.

 Esta é a primeira edição da premiação nacional do ecossistema empreendedor universitário. Através de 22 categorias diferentes, seu objetivo é conectar pessoas de todas as regiões do Brasil e trazer mais visibilidade para as ligas de empreendedorismo, startups, empreendedores, professores e trabalhos de conclusão de curso.

 O edital do prêmio foi disponibilizado no link bit.ly/edital-premio-2021 e as inscrições foram realizadas até 3 de dezembro passado pelo site www.vortexuniversitario.com.br/premio-vortex/. Realizada de modo remoto, a premiação foi conduzida por Fernando Guerreiro, Gabriel Carvalho e Larissa Vendramini e transmitida ao vivo no dia 16 de dezembro, às 18 horas.

 Para mais informações sobre o Prêmio Vortex, acesse a página do YouTube: https://www.youtube.com/watch?v=iBQA1aTxTuc

Prêmios para o CEU

 Durante a premiação na categoria Liga Inovadora, os alunos da UNIFEI Arthur Calhau e Samuel Lima se manifestaram. “É muito legal a gente estar recebendo esse prêmio. O CEU impacta mais de 25% dos alunos da Universidade, sendo em média 2 mil estudantes por ano que interagem nos eventos promovidos. Nós acreditamos que todos os que estão à frente de algum projeto, que idealizaram e estão tocando uma atividade são empreendedores e que são as ações disruptivas que vão acabar mudando a forma como a gente enxerga o mundo”, disse Arthur.

 Em sua fala, Samuel disse que empreendedor não é somente aquele que vai criar uma grande startup, mas quem consegue inovar no seu dia a dia, com as pessoas com quem interage. Durante a premiação na categoria Liga Conectada, na qual o CEU também foi premiado, o estudante disse que o prêmio “mostra que estamos conectados, ganhando na votação técnica e na votação popular”.

 Na categoria Startup Ex-Membro Influencer & Inspiração, o prêmio foi para a NexAtlas, representada por Ana Raquel Calhau, que agradeceu a premiação recebida e falou um pouco sobre a plataforma de planejamento de voos e navegação aérea off-line, que torna o trabalho de pilotos da aviação geral cada vez mais prático e seguro.

 Na categoria Professora de Empreendedorismo, Juliana Caminha Noronha, docente do Instituto de Engenharia de Produção e Gestão (IEPG) da UNIFEI, foi a escolhida. No momento da premiação, ela estava em aula e foi representada pelo aluno Arthur Calhau. Ele disse que a professora Juliana realmente inspira todos os alunos da Universidade que atuam no CEU, do qual ela é uma das fundadoras.

 O estudante também lembrou que a docente se destaca pela mentoria a diversas ligas de empreendedorismo e outras iniciativas, como o projeto Vivência Universitária em Empreendedorismo e Inovação (VUEI), uma iniciativa da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico de Minas Gerais (SEDE).

 Em mensagem enviada por meio do aluno, Juliana destacou a importância da integração entre professores, alunos e administração central da Universidade, que é um dos “temperos secretos” do CEU e o que faz com que suas ações sempre deem certo. Segundo ela, a UNIFEI tem uma educação empreendedora transversal, muito diferente dos modelos que são aplicados normalmente, já que proporciona aos alunos desenvolverem seus projetos com liberdade e criatividade.

Vortex

 A missão do Vortex Universitário, rede nacional de ligas de empreendedorismo, é conectar e empoderar futuros empreendedores, inspirando mudanças. O impacto acontece através de ligas, centros ou núcleos de empreendedorismo universitário, que são associações estudantis sem fins lucrativos para fomentar a comunidade empreendedora local, através de programas de aceleração de ideias, mentorias para startups e eventos realizados por jovens empreendedores das mais diversas universidades brasileiras.

 A rede é uma organização sem fins lucrativos, cujos projetos recebem investimentos de empresas mantenedoras, possibilitando, assim, que jovens empreendedores tenham contato com materiais inovadores e possam levar a inovação para toda a sociedade.

 O Vortex acredita no potencial de uma rede colaborativa com seu ecossistema, para fazer um país mais inovador, empreendedor e desenvolvido. Relacionamentos de longo prazo com empresas parceiras permitem à rede manter-se sustentada por recursos financeiros e experienciais, perpetuando a colaboração entre atores do ecossistema empreendedor.

 A rede realiza vários projetos, como o de Aceleração de Ligas e o Interligas. O primeiro tem como objetivo desenvolver pessoas e organizações, conectar com grandes nomes do mercado e inspirar jovens empreendedores. Já o segundo é uma iniciativa que une ligas financeiras e de empreendedorismo dos estados de Ceará, Goiás, Minas Gerais, Rio de Janeiro e São Paulo, com o objetivo de que elas aprendam umas com as outras e fomentem os ecossistemas de ligas universitárias.

 Outras informações sobre o Vortex Universitário podem ser obtidas também em: https://vortexuniversitario.com.br/

Centro de Empreendedorismo UNIFEI

 Inaugurado em 2013 e sediado no IEPG, o Centro de Empreendedorismo da UNIFEI (CEU) é uma organização que integra diversos parceiros e programas de desenvolvimento em empreendedorismo (PDEs), visando promover comportamento, ação e gestão empreendedores e gerar desenvolvimento local por meio da educação empreendedora e competitividade das organizações.

 A proposta do CEU é simples e pode ser resumida na frase do professor Fábio Roberto Fowler, do IEPG: “Empreendedor é aquele que cria e gerencia projetos”. Mobilizado por esse pensamento, o CEU realiza diversas ações que permitem aos alunos da UNIFEI pensarem em empreendedorismo e realizarem, de fato, projetos criativos, que podem ser desde uma iniciativa social até a criação de um protótipo de hardware com alto impacto na sociedade.

 Para isso, o CEU conta com um espaço de coworking com oito estações de trabalho, duas salas de reuniões, um laboratório de empreendedorismo e dois laboratórios de informática, além de área de pebolim e minibiblioteca criativa, dedicados aos empreendedores e startups da Universidade.

 Os principais projetos desenvolvidos pelo CEU são:

CRIA: laboratório de ideação da UNIFEI, com o objetivo de proporcionar uma experiência empreendedora para quem quer dar os primeiros passos em torno de uma ideia de negócio, assim como uma oportunidade de formação de comunidade empreendedora, permitindo aos participantes o contato próximo com empreendedores e ideias-chave do universo do empreendedorismo.

Formação Complementar em Empreendedorismo (Minor in Entrepreneurship): complementação da formação dos engenheiros e cientistas graduados pela Universidade por meio de disciplinas orientadas a projetos que desenvolvam comportamentos importantes para qualquer profissional.

LAB001 – Pré-Aceleração em Hardware e Hard Sciences: programa desenvolvido com o objetivo de pré-acelerar startups de alto impacto em estágio inicial e transformar a Universidade em um laboratório de ideias disruptivas aliadas a tecnologias exponenciais para impactar a sociedade.

 O CEU desenvolve ainda os projetos Bota Pra Fazer UNIFEI, Ciência de Boteco, Fuckup Night, Maker Club, Maker Hacklab, Ninja Startup Job, Pint of Science, Startup Bus, Startup Talks, Startup Weekend UNIFEI, Startup Weekend Maker UNIFEI e TEDx, além de promover o Prêmio Melhores Práticas Empreendedoras e o Programa Mais Educação Empreendedora.

 Para mais informações sobre o CEU, acesse: https://unifei.edu.br/extensao/empreendedorismo-e-inovacao/centro-de-empreendedorismo-unifei-ceu/