Comitiva do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações participa de reinauguração do prédio da INCIT e conhece ecossistema de empreendedorismo e inovação de Itajubá durante visita à UNIFEI

Momento do descerramento da placa de reinauguração do prédio da INCIT, localizado no campus da UNIFEI em Itajubá.

O prédio onde está instalada a INCIT foi reinaugurado com a presença da comitiva do MCTI.

A comitiva do MCTI conheceu alguns dos diversos projetos acadêmicos de competição tecnológica da UNIFEI, durante visita ao IEPG.

Os visitantes conversaram com alunos integrantes de projetos acadêmicos de competição tecnológica.

Os visitantes estiveram no Maker Space do CEU para conhecerem as atividades realizadas e serviços prestados.

À tarde, os visitantes estiveram na sala de reuniões do CONSUNI e puderam conhecer o projeto do CNISE.

Os visitantes conheceram as pesquisas desenvolvidas no NUSEC e obtiveram informações sobre o Laboratório de Alta Pressão.

 

 No dia 16 de setembro, a Universidade Federal de Itajubá (UNIFEI) recebeu a visita de uma comitiva do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações (MCTI), composta pelo secretário de Empreendedorismo e Inovação, Paulo César Rezende de Carvalho Alvim;  o diretor do Departamento de Ciência, Tecnologia e Inovação Digital, José Gustavo Sampaio Gontijo; o presidente da Financiadora de Inovação e Pesquisa (FINEP), general Waldemar Barroso Magno Neto, e o diretor  de desenvolvimento Científico e Tecnológico da FINEP, Marcelo Bortolini. Também esteve acompanhando a comitiva o diretor do Laboratório Nacional de Astrofísica (LNA), sediado em Itajubá, Wagner José Corradi Barbosa.

 A comitiva foi recepcionada no Instituto de Engenharia de Produção e Gestão (IEPG) pelo reitor da UNIFEI, professor Dagoberto Alves de Almeida, e pôde ter contato com universitários que são membros de projetos acadêmicos de competição tecnológica, como Cheetah Racing, Black Bee Drones, Uai!rrior e Saci Baja, conhecendo as tecnologias utilizadas nas atividades desenvolvidas por essas equipes.

 Os visitantes também estiveram na Sala Mahle e, com a professora Juliana Caminha Noronha, diretora de Empreendedorismo e Inovação, da Pró-Reitoria de Extensão (PROEX), puderam conhecer espaços do Centro de Empreendedorismo UNIFEI (CEU), como o Coworking e o Maker  Space, que recebe apoio do MCTI, e obter informações sobre o projeto da futura Praça do Empreendedor.

Reinauguração do prédio da INCIT

 Na sequência, os visitantes se dirigiram ao prédio onde está sediada a Incubadora de Empresa de Base Tecnológica de Itajubá (INCIT), onde foram recebidos pelo seu gerente, Maurício de Pinho Bitencourt, por representantes das entidades que compõem a Associação Itajubense de Inovação e Empreendedorismo (INOVAI), pelo prefeito municipal de Itajubá, Rodrigo Imar Martinez Riera, e pelos engenheiros Carlos Vitor Rodrigues Conti e José Fernando Grassi Bissacot, membros da administração municipal.

 A comitiva pôde assistir apresentações sobre as atividades desenvolvidas por startups incubadas na INCIT e sobre o ecossistema de empreendedorismo e inovação de Itajubá, representado pela INOVAI, responsável pela concretização do Parque Científico e Tecnológico de Itajubá (PCTI).

 Em seguida, o professor Dagoberto, o prefeito Rodrigo Riera, o general Barroso, o secretário Paulo Alvim e Wagner Corradi fizeram o descerramento da placa alusiva à reinauguração do prédio da INCIT, cuja restauração foi concluída recentemente.

IESTI

 Ainda pela manhã, a comitiva também esteve visitando o Instituto de Engenharia de Sistemas e Tecnologia da Informação (IESTI), sendo recepcionada pelos professores Luiz Lenarth Gabriel Vermaas e Danilo Henrique Spadoti. Na oportunidade, foram visitados os laboratórios de Telecomunicações (LabTel) e de Aplicação de Internet das Coisas (LAIoT), além da Sala de Metodologias Ativas e o Laboratório de Pesquisas, ambos montados em parceria com a empresa Thales.

CNISE

 À tarde, os visitantes estiveram na sala de reuniões do Conselho Universitário (CONSUNI), onde participaram de uma apresentação sobre o projeto do Centro Nacional de Infraestrutura do Setor Elétrico (CNISE). Como tem acontecido em outras ocasiões, o reitor demonstrou novamente sua preocupação sobre a decisão da Federação das Indústrias do Estado de Minas Gerais (FIEMG) de ter paralisado em 2019 a construção do laboratório de alta tensão do Instituto Senai de Inovação em Sistemas Elétricos (ISI-SE) em Itajubá, empreendimento de grande importância para o país.

 O projeto despertou o interesse dos presentes na reunião, que compreenderam a importância estratégica do CNISE para o desenvolvimento do país, e se colocaram à disposição para ajudar a UNIFEI na conclusão dos estudos técnicos e econômicos. O secretário de Empreendedorismo e Inovação, Paulo César Rezende de Carvalho Alvim citou diversas iniciativas do Governo relacionadas a investimentos em inovação e afirmou que o setor elétrico é um dos setores prioritários para receber investimentos nos próximos anos.

 Na oportunidade, o reitor da UNIFEI, professor Dagoberto, disse que a reunião atingiu seu objetivo e foi mais um importante avanço para vencer o desafio que a Universidade assumiu de encontrar formas de viabilizar o projeto do CNISE. Mais tarde, os visitantes estiveram no Laboratório de Alta Tensão (LAT), onde puderam conhecer as tecnologias desenvolvidas e empregadas, que comprovam a capacidade técnica da UNIFEI como parceira na condução do projeto do Centro Nacional de Infraestrutura do Setor Elétrico.

NUSEC e NOMATI

 A comitiva também visitou o Núcleo de Separadores Compactos (NUSEC), sendo recebida pelo seu coordenador, o professor Marcos Aurélio de Souza. Os visitantes puderam conhecer a sua estrutura e funcionamento, bem como as diversas pesquisas e projetos desenvolvidos. Na oportunidade, foi feita uma apresentação sobre projeto do Laboratório de Alta Pressão, a ser instalado no PCTI e que tem investimentos de R$ 300 milhões investidos pelo Consórcio de Libra e pela Petrobrás.

 Na sequência, os visitantes puderam conhecer o novo prédio do Núcleo de Otimização da Manufatura e da Tecnologia da Inovação (NOMATI), que foi concluído com apoio da FINEP, por meio de dois convênios com valor total superior a R$ 1.200.000,00. O professor Rafael de Carvalho Miranda, vice-diretor do IEPG, acompanhou a comitiva e apresentou a estrutura das instalações utilizadas por alunos de graduação e pós-graduação e as linhas de pesquisa desenvolvidas no NOMATI.

 Ao final, os membros da comitiva agradeceram a direção da UNIFEI pela acolhida e desejaram sucesso aos professores, técnicos e alunos da Instituição na realização de suas atividades. O professor Dagoberto também agradeceu a presença dos visitantes na Universidade, destacando a intenção de que sejam continuadas as pesquisas e projetos já realizados com o apoio e a parceria do MCTI. (ADC/FDLPM/CGJ – SECOM/UNIFEI)