Cursos assistenciais da Unifei e de Itajubá participam de eventos de integração

As diretorias do Caai, Cacic e Cats se reuniram para a realização do Intercursinhos na Unifei.

Os alunos atendidos pelos projetos passaram o sábado no campus sede da Unifei praticando esportes.

Com distribuição de picolés e formação de rodas de conversa, o evento propiciou um ambiente de descontração e relaxamento aos presentes.

 

 No mês de agosto, o Curso Assistencial Amigos de Itajubá (Caai) e o Curso Assistencial Theodomiro Santiago (Cats), ambos dirigidos por alunos da Universidade Federal de Itajubá (Unifei), reuniram-se para atividades em conjunto com o objetivo de aproximar os alunos atendidos pelos projetos, contando com o apoio do Cursinho Assistencial e Centro de Inteligência e Cultura (Cacic), entidade filantrópica sediada na Escola Estadual João XXIII, em Itajubá.

 Uma das ações dos grupos foi a realização do Intercursinhos, evento esportivo realizado no campus sede da Unifei, que ofereceu jogos de vôlei de quadra e de areia, futsal, basquete, queimada, slackline e jogos de baralho para alunos e voluntários. Com distribuição de picolés e formação de rodas de conversa, a iniciativa propiciou um ambiente de descontração e relaxamento para os adolescentes e jovens que estão prestes a fazer o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) e outros exames vestibulares.

 De acordo com José Bruno Divino, presidente do Cats, ações como o Intercursinhos trazem benefícios imediatos, como a interação entre os alunos dos três cursos, que passam a estudar juntos; a atuação de voluntários em mais de um projeto e a aproximação entre as pessoas, e isso faz com que haja mais compreensão sobre a realidade de vida de cada um, que, por vezes, é similar.

 “Tendo em vista que a finalidade dos três projetos é a mesma, notamos que é de suma importância que haja troca de informações, comunicação e ajuda entre os projetos. Essas atividades nos ajudam a melhorar a convivência uns com os outros, além de reforçar a amizade entre voluntários e alunos. Assim, a troca de informação e o companheirismo passam a ser fatores que fazem os projetos evoluírem de maneira conjunta”, disse o presidente do Cats.

 Andressa Sene, diretora de marketing do Caai, também se manifestou sobre o evento: “Ter essa união com os cursinhos foi um momento inesquecível. Ficamos imensamente felizes em ver que, mesmo sendo cursinhos diferentes, temos o mesmo objetivo. Essa tarde compartilhada teve o intuito de mostrar que juntos somos mais fortes”.

 Os alunos atendidos pelos projetos também aprovaram a iniciativa. Maria Izabel, do Caai, disse que o evento foi bom para distrair e descansar. Para Fernanda Faria, do Cats, e para Vanessa Gonçalves, do Cacic, a interação foi boa porque aproximou os cursos.

 Segundo Samuel Gustavo, do Caai, a ideia de juntar os três projetos foi importante para não se construir uma competição: “essa tarde descansamos e conhecemos novos amigos”. Mariana Tavares, do Cacic, também gostou da oportunidade de conhecer outros alunos. Nesta mesma linha, Leandro Silva, do Cats, relatou que juntar os cursos tornam todos uma família.

 Outro evento que marcou o mês de agosto foi o aulão de redação com Rafael Cunha, do site Descomplica. Celebridade entre os vestibulandos, o professor se apresentou em Itajubá a convite do Caai e falou para um público de aproximadamente 300 alunos. O objetivo foi beneficiar o maior número possível de discentes, já que a redação é essencial para o sucesso nas provas.

 Para o futuro, espera-se que novas atividades possam ser pensadas e realizadas em conjunto entre os cursinhos. “A coletividade no trabalho gera melhores frutos e possibilita uma variedade de abordagens, o que acarreta melhoria individual e coletiva entre os cursos assistenciais, os alunos e os voluntários”, concluiu José Bruno.