Inclusão de pessoas com deficiência no ensino superior é pauta de encontro na Unifei de Itabira

A Unifei promoveu o evento sobre inclusão de pessoas com deficiência em Itabira.

O II Encontro de Inclusão da Pessoa com Deficiência aconteceu nos dias 6 e 7 de novembro.

 

 De acordo com o Censo 2010, do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), apenas 6,66% das pessoas com deficiência com 15 anos ou mais tinham ensino superior completo no país até então. O mesmo censo aponta que 17,67% das pessoas com deficiência apresentavam ensino superior incompleto.

 Desde então, discussões sobre medidas de inclusão nessas instituições de ensino vêm se intensificando e na Universidade Federal de Itajubá (Unifei) não poderia ser diferente. Durante os dias 6 e 7 de novembro, foi promovido, no campus de Itabira, o II Encontro de Inclusão da Pessoa com Deficiência, evento organizado pelo Núcleo de Acessibilidade e Inclusão (NAI) e voltado a professores da educação básica e do ensino superior.

 Estiveram presentes representantes de 22 instituições de ensino de Itabira, entre elas colégios, escolas estaduais e universidades. Palestras, oficinas e mesas redondas compuseram uma programação que também tratou sobre temas como inclusão na educação básica, no ensino superior e no mercado de trabalho.

 A professora Paloma Alinne Alves Rodrigues, do Instituto de Física e Química (IFQ), coordenadora do NAI, declarou que os objetivos traçados inicialmente, como ampliar a discussão sobre o tema e fortalecer a parceria entre os participantes, foram alcançados. Ela também fez um panorama sobre o atual processo de inclusão na Unifei: “Esse processo já é uma realidade na Universidade e, tendo em vista a legislação sobre a reserva de vagas para pessoas com deficiência no ensino superior, o número de alunos no campus irá crescer cada vez mais. Estamos desenvolvendo diversas ações para que nossos alunos tenham condições de concluir a graduação de forma plena e inclusiva”.

 Paloma aprovou o saldo final do projeto e adiantou que outras atividades relativas ao assunto serão realizadas pelo Núcleo: “O NAI já está planejando as atividades para 2019. Teremos a oferta do curso de Libras [Linguagem Brasileira de Sinais] no campus de Itabira, o III Encontro da Pessoa com Deficiência e os Ciclos de Formação. Nosso intuito é fortalecer cada vez mais o evento, para que ele se torne referência em conhecimento sobre inclusão em Itabira”, afirmou.