Ministro Marcos Pontes diz a representantes da UNIFEI que quer favorecer a conexão entre universidades e empresas

A comitiva da UNIFEI, composta pelo reitor, vice-reitor, pró-reitores de Gestão de Pessoas e de Extensão e pela diretora de Gestão e Qualidade de Ensino, foi recebida pelo ministro Marcos Pontes e outros executivos do MCTI. (Foto: Neila Rocha / ASCOM – MCTI)

 

 Segundo o ministro Marcos Pontes, as dificuldades orçamentárias agravadas com a pandemia do coronavírus não são desculpas para que o Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações (MCTI) deixe de cumprir com sua missão institucional de gerar conhecimento, riquezas e contribuir para a melhoria da qualidade de vida da sociedade brasileira. “Muitas vezes, o MCTI não pode ajudar com o recurso da forma como gostaríamos, mas podemos ser uma espécie de ‘hub’ e fazer essas conexões entre as universidades, que detêm as pesquisas e o conhecimento, com o setor privado, que demanda novos produtos e serviços”, disse o ministro.

 A declaração foi feita em 03 de fevereiro, quarta-feira, durante audiência com a comitiva da Universidade Federal de Itajubá (UNIFEI), composta pelo reitor, vice-reitor, pró-reitores de Gestão de Pessoas e de Extensão e pela diretora de Gestão e Qualidade de Ensino da Instituição. “Viemos mostrar ao ministro alguns projetos de supletivos com ensino a distância que estamos desenvolvendo em nossa Universidade, e temos propostas para serem desenvolvidas em parceria com o MCTI”, revelou o reitor, professor Edson da Costa Bortoni, de acordo com material veiculado pelo MCTI no portal gov.br.

 Segundo Bortoni, a reunião superou as expectativas de sua equipe e a UNIFEI não quer somente ficar esperando recursos do Governo, mas buscar parcerias na iniciativa privada e transformar trabalhos de conclusão de curso, dissertações e teses em produtos e serviços que possam gerar empregos e riquezas para o Brasil.

 Além da audiência no MCTI, a comitiva da UNIFEI esteve no Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos e na Secretaria de Educação Superior (SESU), do Ministério da Educação (MEC), para tratar de projetos para os campi da UNIFEI de Itajubá e de Itabira.

 A íntegra da notícia veiculada no portal gov.br pode ser conferida em: https://www.gov.br/mcti/pt-br/acompanhe-o-mcti/noticias/2021/02/ministro-quer-ver-mcti-conectando-universidades-e-empresas