Nota – Memória em Cinzas

 Não há palavras que possam traduzir a tristeza e a revolta quanto ao descaso que acarretou o incêndio do Museu Nacional, nossa primeira instituição científica.

 A comunidade Unifei está de luto pela perda irremediável do nosso acervo histórico, bem como pelo prejuízo brutal para a pesquisa nacional no campo da história, ciência e cultura. Sem dúvida, um crime praticado contra as futuras gerações desse nosso país, tão desconsiderado nos aspectos mais básicos de preservação de sua memória, fundamental para o conceito de cidadania de qualquer nação que se apresente como minimamente civilizada. Nossa solidariedade à comunidade da UFRJ na pessoa de seu reitor.

 Nossos museus têm sido um dos exemplos dessa negligência abjeta que, de fato, assola o país nos aspectos mais básicos de sua cidadania. Vale a reflexão quanto às obrigações daqueles responsáveis pela condução da educação e da ciência em nosso país.

 Que possamos fazer das cinzas desse museu um marco para a construção de um tempo melhor, mais justo e mais nobre.

Prof. Dagoberto Alves de Almeida

Reitor da Unifei