Comunidade Unifei se destaca no Prêmio Itajubense de Ciência e Tecnologia

A SNCT foi iniciada com a primeira edição do Prêmio Itajubense de Ciência e Tecnologia e contou com a presença de diversos representantes do meio acadêmico de Itajubá.

Foram premiados diversos professores que atuam no aperfeiçoamento da Ciência e Tecnologia na cidade de Itajubá.

Entre os docentes premiados da Unifei está o professor Geraldo Lúcio Tiago Filho, do IRN, vencedor na categoria Pesquisador Destaque.

 

 No dia 15 de outubro, no Teatro Municipal Christiane Riera, em Itajubá, foi realizada a primeira edição do Prêmio Itajubense de Ciência e Tecnologia, uma iniciativa do Núcleo de Inovação Tecnológica (NIT), localizado no campus sede da Universidade Federal de Itajubá (Unifei), em parceria com a Prefeitura Municipal.

 O prêmio fez parte da Semana Nacional de Ciência e Tecnologia (SNCT), que acontece anualmente no mês de outubro, e tem como objetivo aproximar a população destas práticas. Promovendo eventos que congregam centenas de instituições a fim de realizarem atividades de divulgação científica em todo o país, a ideia da SNCT é criar uma linguagem acessível à população, por meios inovadores que estimulem a curiosidade e motivem a discutir as implicações sociais da Ciência, além do aprofundamento dos conhecimentos sobre o tema.

 Com a intenção de reconhecer e disseminar práticas de ensino, pesquisa e desenvolvimento de ciência e tecnologia, foram premiados professores, pesquisadores e projetos de propriedade intelectual que se destacaram nas categorias: Professor ou Professora Destaque da Educação Básica no Ensino Público; Projeto Destaque em Propriedade Intelectual; Pesquisador Destaque 2018; Pesquisadora Destaque 2018 e Pesquisador ou Pesquisadora Atuante na Temática da Semana Nacional de Ciência e Tecnologia 2018, “Ciência para redução de desigualdades”.

 Os finalistas foram selecionados de acordo com os critérios estabelecidos no edital para cada categoria, por uma banca avaliadora composta por representantes da comunidade acadêmica de Itajubá, tanto da Unifei quanto de outras instituições, como o Centro Universitário de Itajubá (Fepi), a Faculdade de Medicina de Itajubá (FMit) e a Secretaria Municipal de Educação.

 Entre os vencedores, estão os professores da Unifei Geraldo Lúcio Tiago Filho, do Instituto de Recursos Naturais (IRN), na categoria Pesquisador Destaque; Daniela Sachs, do Instituto de Física e Química (IFQ), na categoria Pesquisadora Destaque, e Antonio Carlos Ancelotti Junior, do Instituto de Engenharia Mecânica (IEM), na categoria Pesquisador Atuante na Temática da SNCT.

 Os outros vencedores foram Beatriz dos Santos de Araújo, na categoria Professora Destaque da Educação Básica no Ensino Público, e o trabalho “Etiqueta Adesiva de Monitoração Eletrocardiográfica”, na categoria Projeto Destaque em Propriedade Intelectual.

 Segundo Carol Tumani, uma das organizadoras do evento, o Prêmio Itajubense de Ciência e Tecnologia 2018 nasceu com o intuito de reconhecer e disseminar boas práticas de ensino e a produção de pesquisa e de propriedade intelectual desenvolvidas na cidade. “Neste sentido, buscamos conhecer o trabalho de professores da Educação Básica das escolas da rede pública de ensino para identificar formas inovadoras de ensinar ciência e trazer evidência para elas, estimulando professores a darem continuidade a este importante trabalho, além de instigar outros professores a fazerem o mesmo”, afirmou ela.

 A primeira edição do Prêmio foi um sucesso ao revelar os grandes talentos da cidade e estima-se que o evento continue crescendo. Para mais informações sobre o Núcleo de Inovação Tecnológica da Unifei, os interessados devem acessar: https://www.facebook.com/nitunifeiitajuba/.

SNCT

 A Semana Nacional de Ciência e Tecnologia tem o objetivo de aproximar a Ciência e Tecnologia da população, promovendo eventos que congregam centenas de instituições a fim de realizarem atividades de divulgação científica em todo o País.

 Em Itajubá, a Semana contou com a colaboração do Museu de Astronomia e Ciências Afins e com a parceria da Faculdade Wenceslau Braz (FWB), do Centro Universitário de Itajubá (Fepi), da Faculdade de Ciências Sociais Aplicadas do Sul de Minas (Facesm), da Faculdade de Medicina de Itajubá (FMit), da Incubadora Tecnológica de Cooperativas Populares (Intecoop), da Incubadora de Empresas de Base Tecnológica de Itajubá (Incit), da Associação Itajubense de Inovação e Empreendedorismo (Inovai) e da Superintendência Regional de Ensino (SRE). A SNTC é organizada pela Prefeitura de Itajubá, pela Unifei e pelo Laboratório Nacional de Astrofísica (LNA).

 Com a abertura da SNCT no dia 15 de outubro, outras atividades foram realizadas. Do dia 16 ao dia 19, foi realizada a exposição “Ciência para redução das desigualdades – Aqui o conhecimento é de todos”, no Teatro Municipal Christiane Riera. No dia 17, a QuiTrupe Unifei apresentou a peça teatral científica “Alice Cientificamente Comprovada”, reapresentada no dia 19, e foi realizado, na Fepi, o IX Congresso de Iniciação Científica. Por fim, no dia 18, a Rede de Catadores do Sul de Minas realizou o bate-papo “Já parou para pensar no resíduo que você gera?”.

 Mais informações sobre a SNCT podem ser encontradas no site: http://www.itajuba.mg.gov.br/.