UNIFEI realiza o mais importante evento sobre energias renováveis de 2022 no Brasil

A conferência internacional ARCT foi realizada de 07 a 10 de junho pela UNIFEI e a Northumbria University, com financiamento da FAPEMIG.

Na abertura do evento, o reitor da UNIFEI, professor Bortoni, apresentou o projeto do CH2V.

A conferência contou com 37 palestrantes convidados de 10 países, além do Brasil.

 

 A conferência internacional Advances in Renewable and Clean Energy Technologies – ARCT (Avanços Tecnológicos em Energias Renováveis e Limpas) foi realizada de 07 a 10 de junho, de forma virtual contando com a UNIFEI e a Northumbria University, da Inglaterra, como organizadores, a Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais (FAPEMIG) como financiadora e apoio do British Council – Reino Unido e REBIBIR/CYTED network.

 O evento contou com a participação de renomados pesquisadores da área e todas as apresentações de trabalho estarão em breve disponíveis no canal do YouTube da UNIFEI.

 Na abertura, o reitor da UNIFEI, professor Edson da Costa Bortoni, apresentou o projeto do Centro de Hidrogênio Verde (CH2V), que será instalado no campus de Itajubá, e falou sobre a importância do desenvolvimento dessa tecnologia e suas aplicações industriais.

 Nos últimos anos, a UNIFEI conseguiu atrair importantes projetos na área de energia, com destaque para o Centro Tecnológico para o Pré-Sal Brasileiro (CTPB), que está em fase final de construção; a usina de geração fotovoltaica, que vai atender cerca de 50% do consumo mensal de energia elétrica do campus de Itajubá, e o CH2V, que deve fomentar o desenvolvimento dessa tecnologia no Brasil.

A conferência

 Segundo os organizadores do evento, foram quatro dias de trabalho intenso e cheios de novas descobertas, nos quais foram tratados temas como: Modelos de Transição de Matriz Energéticas; Biomassa, Biocombustíveis e Biorefinarias; Energia Solar Térmica e Fotovoltaica e Outras Fontes de Energia Renováveis e Limpas.

 A conferência contou com 37 palestrantes convidados de 10 países, além do Brasil: África do Sul, Chile, China, Colômbia, Espanha, Estados Unidos, Finlândia, Índia, Itália, Reino Unido e Suécia. Foram recebidos 41 trabalhos, dos quais 27 foram selecionados para apresentação oral e 14 para posters. Houve 306 inscrições de participantes e o número médio de conexões nas sessões foi de 204.

 Ao final do evento, os organizadores agradeceram aos palestrantes e participantes pelo seu esforço; à FAPEMIG, pelo apoio financeiro; à UNIFEI, pela divulgação, e à Universidade de Northumbria, pela parceria da conferência. Agradecimentos especiais foram feitos aos estudantes de graduação e pós-graduação que apresentaram interessantes trabalhos, superando, muitas vezes, as dificuldades de se expressarem em inglês.

 De acordo com o professor Electo Eduardo Silva Lora, do Instituto de Engenharia Mecânica (IEM) da UNIFEI, um dos organizadores da ARCT, entre os ganhos com a realização de atividades como a conferência, pode-se destacar a satisfação de difundir conhecimentos e experiências importantes e de contribuir para a formação de novas gerações de pesquisadores.

 A UNIFEI agradece toda a equipe organizadora da conferência, com destaque para os professores Electo Lora e Diego M. Yepes Maya, respectivamente coordenador e vice-coordenador do evento no Brasil; Khamid Mahkamov, coordenador do evento pelo Reino Unido; Silvina Magdalena Manrique, do Instituto de Pesquisa Energética Não Convencional e Rede ReBiBir, e Paulo Sérgio Lacerda Beirão, presidente da FAPEMIG.

 Uma segunda edição da ARCT está prevista para 2024. Na webpage do evento podem ser encontradas mais informações: www.arctconference.com.br