Projetos financiados em 2018

Cultivar-te Cultivar-te é um projeto do grupo Universidade Cultural, que leva educação e arte para crianças e adolescentes da entidade Anjo Acolhedor. O objetivo é a criação de espaços que favoreçam o desenvolvimento artístico-cultural desse público – por meio de aulas e oficinas de literatura, música, cinema, teatro e circo –  além de reforço escolar e ensino de noções de sustentabilidade ambiental.
 Entre o saber e o fazer da cultura Este projeto visa formar e qualificar agentes culturais, por meio de cursos em gestão e produção cultural, de modo a incentivar a promoção da diversidade cultural brasileira. Este projeto também realiza intervenções no cenário artístico de Itajubá e seu entorno, tendo em vista a relevância de ações que fortaleçam o caráter simbólico da região e a importância econômica do setor cultural.

Facebook: facebook.com/mapaculturaitajuba

 Quitrupe em “Alice cientificamente comprovada” O QuiTrupe, criado por alunos de Licenciatura em Química, busca promover a articulação entre artes cênicas e experimentos de química por meio da criação e produção de peças teatrais adaptadas de obras literárias, tais como “A Fantástica Fábrica da Química” e “O Mágico de O2”. O objetivo  é divulgar o conhecimento de química em escolas e locais públicos de Itajubá e região.

Facebook: facebook.com/quitrupeunifei

 Curso Assistencial Theodomiro Santiago (CATS) O CATS é um curso pré-vestibular para alunos que não possuem renda suficiente para custear os próprios estudos. O projeto conta com mais de 70 voluntários, em sua maioria alunos da Unifei, que atuam em cargos administrativos e de docência. Esses voluntários contribuem todos os anos com mais de 100 alunos, proporcionando a eles conhecimentos técnicos necessários para a realização dos vestibulares e convívio com as experiências acadêmicas.

Facebook: facebook.com/cats.familia

 Tecnologias emergentes a serviço da aprendizagem Com a proposta de preparar professores para o uso de tecnologias da informação e comunicação, o projeto conta com um curso on-line para professores da educação básica, com o intuito de aprimorar competências, habilidades e atitudes no uso dessas tecnologias em sala de aula. A tutoria é realizada por alunos dos cursos de licenciatura da Unifei.
 LEDICamp: Letramentos Digitais no Campus Este projeto promove a inclusão ao desenvolver letramentos digitais de pessoas com nível fundamental de escolaridade, em articulação com a formação inicial de professores para uso pedagógico de tecnologias. Tendo como público-alvo os funcionários terceirizados responsáveis pela limpeza do campus de Itajubá, esta ação busca melhorar as condições de trabalho dos atendidos e ampliar o uso das Tecnologias Digitais de Informação e Comunicação (TDIC) em outros contextos do cotidiano.
 Programa de formação inicial e continuada de professores em Ciências, Matemática e Saúde
Com uma proposta interdisciplinar, o projeto promove a formação de grupos colaborativos compostos por professores de Ciências, Matemática e Educação Física da educação básica e estudantes de licenciatura da Unifei. Seu objetivo é subsidiar um processo formativo voltado ao planejamento, desenvolvimento e avaliação de projetos interdisciplinares, cuja temática em 2018 é “Matemática, Ciência e Movimento”.

Blog: geifopunifei.blogspot.com.br

 Intecoop Fundada em 2006 por iniciativa da Pró-Reitoria de Extensão da Unifei, a Intecoop (Incubadora Tecnológica de Cooperativas Populares de Itajubá) tem como objetivo assessorar Empreendimentos Econômicos Solidários (EES), oferecendo, por meio de seu programa de incubação e conhecimentos gerados na universidade, condições para que os EES possam gerir de modo autônomo e autossustentável seus empreendimentos.
 Quanto vale o dinheiro para os jovens?  A proposta é levar educação financeira para os jovens. Para isso, o projeto estabelece métodos didático-pedagógicos para a construção e consolidação do conhecimento de alunos universitários em temas relacionados à educação financeira. As atividades são feitas em faculdades, centros universitários e universidades de Itajubá e do sul de Minas.

Facebook: facebook.com/denarius.unifei

  Engenheiros da Alegria O projeto Engenheiros da Alegria promove atividades sociais a partir do lema “tudo por um sorriso”, com intuito de transformar o mundo ao redor com gestos simples que transformem cada ação em alegria para quem faz e quem recebe. Por meio da mobilização de alunos e servidores da Unifei, o projeto é voltado para pessoas em situação de vulnerabilidade na cidade de Itajubá e região.

Facebook: facebook.com/EngenheirosdaAlegriaUNIFEI

Recuperação da área de recarga da nascente do Bairro Pedrão (Pedralva/MG) O objetivo deste projeto é recuperar a área de recarga da nascente do Bairro Pedrão, na cidade de Pedralva-MG, de forma a garantir qualidade e quantidade de água para a comunidade rural, por meio de monitoramento da qualidade bacteriológica e da quantidade de água gerada na nascente após plantio de mudas. Espera-se que os resultados favoreçam a comunidade e sirvam como modelo de conservação do solo e da água para implantação em outras comunidades rurais na região do sul de Minas Gerais.
Coleta seletiva: campanha de conscientização e engajamento do cidadão Itajubense Conscientizar para educar, engajar e incentivar a sociedade itajubense a realizar a separação do lixo reciclável. Esta é a proposta deste projeto, tendo em vista que a maioria dos moradores da cidade não tem conhecimento sobre dias e horários da coleta seletiva, como separar o lixo reciclável corretamente e nem quais materiais podem ser reciclados. Com a coleta seletiva e a reciclagem de materiais que podem retornar ao ciclo produtivo, apenas o lixo orgânico e o rejeito terão como destino o aterro sanitário.
Gestão de Resíduos Industriais
Como encontrar soluções para os resíduos gerados no setor industrial? Por meio de uma visão multidisciplinar, este projeto visa achar alternativas compatíveis com a legislação vigente para a gestão eficiente de resíduos industriais e rejeitos poluidores. Para isso, são ministrados treinamentos, buscando a formação básica de profissionais para que se tornem conscientes sobre o tema. É também ofertada uma disciplina na área, aberta a alunos da graduação de instituições de ensino superior e profissionais de empresas e órgãos públicos da região.
Práticas Inclusivas no Ensino de Ciências
O projeto visa possibilitar aos alunos dos cursos de Licenciatura em Física, Química, Biologia e Matemática o desenvolvimento e a implementação de Sequências Didáticas Inclusivas de Ciências para os Estudantes Público Alvo da Educação Especial (EPAEE) de Itajubá/MG. Para isso, são realizadas atividades práticas que favorecem o desenvolvimento de estratégias pedagógicas inclusivas, ao mesmo tempo em que instigam o futuro professor a compreender as necessidades de alunos com deficiência, transtornos globais do desenvolvimento e altas habilidades ou superdotação.

Facebook: facebook.com/nai.unifei

 Implantação de um sistema de aquaponia no campus da UNIFEI – Itajubá
Ao implantar um sistema de aquaponia estruturado nas dependências do campus da Unifei em Itajubá, o projeto visa popularizar esse método de cultivo, que não utiliza defensivos agrícolas danosos à saúde e ao meio ambiente. A produção integrada de peixes e vegetais em aquaponia é uma solução inovadora para a obtenção de alimentos com baixo consumo de água sem geração de efluentes que contaminem os mananciais. O projeto prevê visitas guiadas de alunos da rede pública e privada de ensino como forma de difundir os conhecimentos relacionados à produção de alimentos saudáveis.  
O Mundo da Aeronáutica Crianças, adolescentes e jovens são apresentados ao mundo da aviação por meio de atividades dirigidas nos campos de conhecimento do Aeromodelismo, Astronáutica, Astronomia, História Aeroespacial, Mecânica Aérea, Meteorologia, Navegação Aérea, Observação Aérea, Planador, Plastimodelismo, Radioamadorismo e Técnica Aeronáutica. É uma maneira de promover a popularização da ciência e da tecnologia, despertando o interesse do público jovem pela aviação.

Facebook: facebook.com/OMUNDODAAERONAUTICAUNIFEI

Máquinas de Leonardo da Vinci
A construção de máquinas de Leonardo da Vinci, tais como paraquedas, escavadeiras e martelos, é uma forma de abordar a engenhosidade tecnológica nas disciplinas de Física de maneira prática, já que os princípios construtivos de um dos maiores gênios dos séculos XV e XVI são utilizados até hoje.  Voltado aos alunos de escolas públicas de Itabira-MG e região, as máquinas serão expostas em aulas e feiras de ciências promovidas nessas escolas.
PINT OF SCIENCE: Festival da Ciência Que tal compartilhar e debater descobertas científicas em cafés, bares e restaurantes da cidade?  O Festival Pint of Science surgiu em 2013 por iniciativa de dois pesquisadores do Imperial College London. Em 2018, ele chega a Itajubá com o intuito de evidenciar a presença da ciência no nosso cotidiano e destacar seu papel enquanto sustentadora da evolução tecnológica, tudo de uma maneira informal e fácil de compreender.

Evento: facebook.com/events/1831131143617284

Capoeira: prática de transformação social e do indivíduo A capoeira é uma prática desportiva e cultural fortemente ligada à identidade brasileira. O projeto oferece aulas gratuitas de capoeira no campus da Unifei de Itabira, realiza oficinas com mestres e professores, leva rodas de capoeira para espaços públicos da cidade e promove mesas-redondas sobre temas ligados à discriminação racial e à valorização de manifestações populares.
Colóquios Interdisciplinares  
Ao longo do ano é realizada uma série de colóquios com temas interdisciplinares do cenário científico e tecnológico. O objetivo é despertar o interesse de jovens ingressantes na universidade pela pesquisa de alto nível e estimular o interesse de jovens e adolescentes pela área de Exatas. Para isso, palestrantes de prestígio nacional e internacional de diversas áreas do conhecimento vêm à Unifei apresentar seus tópicos de estudo.
Projeto de Aquecedor Solar Sustentável Asilos, creches, orfanatos e casas de recuperação de dependentes químicos são algumas instituições beneficiadas por este projeto, que leva aquecedor solar de baixo custo a esses locais com o intuito de reduzir seus gastos com energia elétrica, conscientizar a comunidade sobre fontes renováveis de energia, além de disseminar o aprendizado de confecção deste sistema, desenvolvidos conjuntamente por discentes, voluntários e beneficiários.
POPTEC A utilização de fontes renováveis de energia e eficiência energética são os pilares para o desenvolvimento sustentável do planeta, principalmente com intuito de reduzir o consumo de recursos naturais e mitigar impactos ambientais no ar, água e solo. Diante deste contexto, o projeto populariza os conceitos de geração de energia com fontes renováveis e uso eficiente da energia, no uso final, em escolas de ensino médio do município de Itabira-MG, com mais de dez escolas de ensino médio envolvidas e mais de mil alunos.
 Fluir Mandu O projeto Fluir Mandu: expressões culturais no bairro São Geraldo lança olhares sobre as territorialidades do bairro, que apresenta uma série de desafios estruturais a serem superados, ao mesmo tempo em que demonstra abundância cultural relativa às atividades de pesca, plantio, criação de animais, gastronomia e artesanato. O objetivo do projeto é possibilitar o (re)conhecimento e a construção participativa dos espaços públicos que compõem o bairro São Geraldo, localizado à margem esquerda do rio Mandu.