Informações para realização da avaliação – Chefia

A avaliação de desempenho é o instrumento gerencial que permite ao gestor mensurar os resultados obtidos pelo servidor, mediante critérios objetivos, considerando o padrão de qualidade de atendimento ao usuário.

O desempenho é mensurado pela execução de atividades previamente estabelecidas entre a chefia e o servidor avaliado, com vistas ao alcance de objetivos institucionais.

Conforme Programa de Avaliação de Desempenho dos STAEs da UNIFEI, entende-se por chefias os ocupantes de Cargo de Direção – CD.

Além de realizar a avaliação do servidor subordinado, cada chefia deverá indicar no formulário de avaliação:

– Os nomes de 3 servidores que atuem no mesmo setor do servidor avaliado, os quais deverão ser comunicados para que realizem a avaliação na condição de “equipe de trabalho”.
– Os nomes de 2 servidores lotados em outros setores que utilizem os serviços do servidor avaliado, que também necessitam ser comunicados para realizar a avaliação como “usuários”.

Após indicar no formulário de avaliação os servidores da equipe de trabalho e os usuários, caberá à chefia notificar os servidores indicados para que deem início à avaliação.

Veja neste link um modelo de notificação aos servidores indicados no formulário

Observações:

Caso na unidade do servidor avaliado não haja equipe de trabalho composta por três servidores, a chefia indicará colegas de outras unidades para completar ou compor a equipe de trabalho, que tenha um mínimo de afinidades profissionais com o avaliado.

Caberá à chefia promover o feedback individualizado dos servidores sob sua responsabilidade.

A avaliação realizada pela chefia terá peso 5 na composição da nota final da avaliação de desempenho do servidor.

Caso a chefia seja alterada, o servidor será avaliado pela nova chefia, desde que esta esteja no exercício do cargo de direção há pelo menos três meses.
1) Se a chefia não estiver há pelo menos três meses de exercício no cargo, o servidor será avaliado pela chefia imediatamente anterior.
2) Se a chefia imediata anterior se encontrar aposentada ou afastada, a avaliação será realizada pelo chefe substituto, desde que faça parte da equipe há pelo menos três meses.
3) Caso não haja chefe substituto, a avaliação poderá ser realizada pela autoridade hierarquicamente superior à chefia imediata do servidor.