Servidor com sintomas

PROCEDIMENTO

  1. Servidor apresenta sinais/sintomas relacionados à COVID-19 ou apresenta histórico recente de contato físico direto com pessoas com diagnóstico positivo ou suspeita de COVID-19 ou  diagnóstico laboratorial positivo para a COVID-19.

Obs.: Por contato físico direto entende-se o contato sem utilização de máscaras de proteção, a menos de 1 metro de distância, por no mínimo 15 minutos e em ambiente fechado, bem como tocar outra pessoa, beijar, abraçar e cumprimentar (apertos de mão).

Caso tenha tido esse tipo de contato com pessoas da Unifei, antes de entrar em isolamento, informe:
– Servidores de Itajubá: à Coordenação de Atenção a Saúde (CAS) pelo e-mail: cas@unifei.edu.br ou pelo ramal 1657;
– Servidores de Itabira: ao Núcleo de Atenção à Saúde e Qualidade de Vida pelo e-mail: saude.itabira@unifei.edu.br ou pelo telefone (31) 3840-0953

  1. O servidor procura atendimento médico.
  2. O médico:
    a. Afasta o servidor mediante apresentação de atestado; ou
    b. Prescreve isolamento domiciliar mediante Termo de Isolamento; ou
    c. Mantém o servidor no trabalho.

4a. Caso o médico afaste o servidor mediante atestado médico, o servidor incluirá o atestado no SouGov e se afastará de suas atividades laborais conforme procedimento divulgado na página da PRGP. No SIGRH informará na ocorrência: ” Lic. Tratamento de Saúde – EST.”

4b. Caso o médico, prescreva o isolamento domiciliar, o servidor informará à chefia e encaminhará o Termo de Isolamento para cas@unifei.edu.br, no caso dos servidores do campus sede de Itajubá, e para saude.itabira@unifei.edu.br, no caso dos servidores do campus de Itabira.

4b1. A chefia autorizará, excepcionalmente e mediante a prescrição médica de isolamento, a concessão do trabalho remoto, mediante preenchimento do Plano de Trabalho (assinado pelo servidor e chefia) no SIPAC – Documento, pelo período informado pelo médico e comunicará à DAP por memorando eletrônico. No SIGRH o servidor informará na ocorrência: ” Trabalho remoto – COVID 19″ e incluirá o Relatório de Trabalho remoto pelo período prescrito pelo médico, assinado eletronicamente por ele e pela chefia imediata.

5.Caso permaneçam os sintomas ou havendo atraso no resultado do exame para a COVID-19 o servidor deverá retornar para reavaliação médica e observar os itens 4a e 4b deste procedimento.

Revisão: 24/01/2022