Unifei conquista o 12º lugar do Brasil na Maratona de Programação

Os alunos da Unifei e o professor Roberto Affonso na fase final da XXIII Maratona de Programação.

 

 A Universidade Federal de Itajubá (Unifei) participou da Fase Final da XXIII Maratona de Programação, que representa a etapa regional da América Latina. As provas aconteceram no dia 10 de novembro.

 A Unifei competiu com duas equipes: a Epic Nuclear Guys, formada pelos alunos Antônio Gonçalves, Felipe Kallás e José Wagner de Andrade Júnior, que representaram o campus de Itajubá, e a Programming Socks, formada pelos alunos Guilherme Lima, Raphael Machado e João Pedro Areias, representantes do campus de Itabira.

 A prova foi realizada com equipes de três alunos cada uma e, na edição deste ano, havia 13 exercícios a serem resolvidos. Os competidores tiveram que entender os problemas computacionais, descobrir os mais fáceis, fazer programações e testá-las. Após encontrarem uma solução, os discentes para que sejam aprovada pelos juízes da competição.

 Dentre os problemas apresentados, alguns requerem apenas compreensão; outros, conhecimentos de técnicas mais sofisticadas, e alguns são muito difíceis de sem resolvidos. No final, vence a equipe que acertar o maior número de problemas no menor tempo possível.

 A equipe de Itajubá terminou a prova em 12º lugar, com oito problemas resolvidos e com tempo somado para a resolução de 732 minutos. Já a equipe de Itabira, que participou pela primeira nessa edição da competição, terminou em 43ª posição, acertando três problemas, com o tempo de 215 minutos.

 A prova foi bem disputada e ambas as equipes da Unifei deram o máximo para terem resultados melhores. A competição marcou pela primeira vez a Universidade em primeiro lugar durante 20 minutos de prova. Com isso, a Unifei pode sonhar em ser, um dia, campeã brasileira.